3 Soluções muito simples para parar de roncar

Cerca de 45% dos adultos, homens e mulheres, roncam pelo menos uma vez em quando. Diferentes fatores de estilo de vida influenciam a frequência e a intensidade do ronco, incluindo alguns distúrbios importantes, como a apneia do sono. Se o seu médico não tiver diagnosticado uma causa fisiológica, tente estas dicas para ajudá-lo a dormir melhor.

Dormir de costas pode fazer com que a língua deslize pela garganta e bloqueie o fluxo de ar. Tente se posicionar do lado para dormir. Se você tende a virar as costas durante a noite, você pode costurar uma bola de tênis na parte de trás do seu pijama. Você também pode adicionar um grande travesseiro sob sua cabeça para abrir as vias aéreas. E não se esqueça de dormir o suficiente: em caso de fadiga, o sono é mais profundo e pode causar relaxamento dos músculos, o que aumenta o risco de ronco

Bebidas e alimentos

Tente evitar bebidas à base de álcool, pelo menos, duas horas antes de ir para a cama, porque eles brincam com o sistema nervoso e relaxam os músculos. A comida também influencia o ronco. Comer demais antes de ir para a cama e comer demais produtos lácteos, assim como leite de soja, seria ruim para o sono. E lembre-se de se hidratar adequadamente durante o dia para evitar que as membranas mucosas do nariz sequem.

O nariz

Congestão nasal associada a resfriados, alergias ou um desvio do septo nasal pode limitar a passagem do ar, que obriga a respirar pelo movimento e, em alguns casos, a roncar. Para limpar as narinas, tome um banho quente antes de dormir, limpe o nariz regularmente com um spray de água do mar e teste as tiras nasais anti ronco disponíveis nas farmácias.