4 Mitos e verdades sobre a ressaca

De manhã, depois de uma grande tarde molhada, pode ser um verdadeiro pesadelo. Sua cabeça dói, seu estômago está revirado e sua energia é zero. Se você está procurando soluções eficazes, cuidado com os maus conselhos. Aprenda a desvendar o verdadeiro do falso:

A causa de uma ressaca é desidratação - TRUE

A principal razão para nossas preocupações depois de beber muito álcool é a falta de hidratação. As bebidas alcoólicas reduzem a produção de um hormônio antidiurético e, eventualmente, eliminamos mais líquidos do que consumimos. E os compostos tóxicos produzidos pelo organismo em resposta à absorção do álcool nos completam, causando náuseas, vômitos, dores de cabeça, sono insatisfatório e baixa taxa de açúcar no sangue. > Medicamentos são eficazes - TRUE

Não sofra por horas sem fazer nada, você pode agir. Tome uma aspirina para aliviar a dor de cabeça e um antiemético para combater náuseas e vômitos. Siga os conselhos do seu farmacêutico e não exceda a dose recomendada, correndo o risco de fazer mais mal do que bem.

Deve beber álcool ao acordar - FALSE

Este mito não tem base científica. Tentar evitar ou remediar uma ressaca bebendo álcool apenas repele a reação inevitável do corpo por algumas horas.

Apenas um café e um grande café da manhã - FALSO

Embora a cafeína possa aliviar a dor de cabeça, ela também pode irritar o sistema digestivo e nos impedir de dormir bem para recuperar a força. Uma refeição gordurosa não é recomendada porque a digestão pode ser muito difícil: preferir alimentos leves e fáceis de absorver, como sopa e banana. Lembre-se de se hidratar, descansar e os sintomas devem desaparecer após 24 horas no máximo.

Leia também: Gerenciando bem as consequências