4 Reflexos para se recuperar da fadiga

Os problemas da fadiga profunda e de longo prazo são frequentemente negligenciados, até mesmo estigmatizados, na sociedade atual. A continuada busca de metas em nossas vidas profissionais e pessoais, a pressão e o estresse nos impulsionam a acelerar o ritmo ao longo do ano, esquecendo que o corpo precisa de momentos de descanso para funcionar bem. É por isso que às vezes sofremos com fortes derrames de fadiga. Para levar em conta este sinal de alarme do corpo e conseguir reequilibrar o equilíbrio, aqui estão quatro reflexos efetivos a serem aplicados:

1- Rest

Esse conselho parece um pouco básico, mas é freqüentemente negligenciado. Esquecemos de dar importância suficiente para dormir e descansar durante o dia. Se você forçou seus limites um pouco longe demais, a fadiga virá para lembrá-lo de que você não tem superpoderes. Esta é a hora de aproveitar boas noites, sonecas e pausas para sonhar acordado, para preencher as reservas de energia.

2- Mais sol

A exposição à luz é a chave para regular nosso ciclo natural de vigília e sono, diz Mind Body Green. Para garantir uma melhor forma durante o dia, comece com uma caminhada no exterior pela manhã. Ao estimular a produção de vitamina D através da pele, esse hábito também ajuda a regular as flutuações hormonais responsáveis ​​pela fadiga e pelo estresse.

3- A dose certa de esporte

Exercício A física é muito importante para se manter saudável, mas se você sofre de um grande golpe de fadiga, tente encontrar o equilíbrio certo entre muito e muito pouco. Para evitar queimar a pouca energia que você deixou, não exceda os 45 minutos de atividade física, escolha esportes leves como ioga ou caminhada, e não se esqueça de descansar pelo menos um dia entre dois treinamentos

4- Alimentando seu corpo

Uma salada e um sanduíche não serão suficientes para alimentar seu corpo cansado. Escolha alimentos quentes, fáceis de digerir e ricos em nutrientes, como sopas, vegetais grelhados e bebidas quentes. Encha com vitaminas e minerais, variando o tipo de vegetais no seu prato. E não se esqueça de incluir uma dose de proteína, animal ou vegetal, para recuperar a força de forma sustentável.

Leia também: Anti-fadiga: alimentos para otimizar sua forma