Caminhadas nas montanhas: 4 reflexos de prevenção

A praia e a piscina não são não são os únicos locais de férias que exigem vigilância da nossa parte no verão. A montanha, apesar dos seus caminhos tranquilizadores, pode esconder dificuldades que podem surpreender alguns turistas. Para evitar surpresas desagradáveis, aqui estão alguns reflexos a serem adotados:

1- Planejar

Escolha uma rota adaptada às suas habilidades físicas e faça algumas pesquisas na internet ou com profissionais de turismo na área que você visita. Pergunte sobre o tempo, tempo de viagem (para voltar antes de escurecer), possíveis áreas de descanso (abrigo, área para piquenique, etc.) e marcações de trilha. Desenhe uma rota em um mapa que você manterá ao longo do caminho.

2- Prevenir

Nunca vá sozinho, mesmo se estiver acostumado a fazer caminhadas. Caminhar juntos, em grupo ou com um guia facilita o alerta das equipes de resgate em caso de acidente. E pegue o reflexo para avisar sua comitiva: dê a localização exata da caminhada, bem como uma cópia do itinerário, com as mudanças que você poderia fazer. Planeje uma data e hora de retorno e um limite a partir do qual sua equipe possa evitar ajuda. Então lembre-se de manter contato com essas pessoas durante a caminhada e seu retorno para que elas não se preocupem desnecessariamente.

3- Prepare-se

Existe um equipamento específico para cada tipo de caminhada. Não hesite em tirar proveito disso. Dependendo do clima, que pode mudar muito rapidamente nas montanhas, planeje roupas leves, roupas quentes e roupas impermeáveis. Fornecer água e uma garrafa térmica com uma bebida quente e doce, algo para comer (frutas secas, pasta de frutas, sanduíche, barras de cereais), seu celular com um carregador extra e um farol.

O sol é um grande perigo quando você ganha altitude, pense em tomar protetor solar, óculos anti-UV e um chapéu. Um equipamento essencial para uma boa caminhada: os sapatos altos e antiderrapantes, bem como meias grossas. Usá-los antes da caminhada para torná-los aos seus pés. Finalmente, considere levar um kit de primeiros socorros e um cobertor de sobrevivência

4- Treinamento

Falta de treinamento aumenta doença de altitude e problemas de fadiga ou até problemas cardíacos. Para evitar o cansaço, prepare-se para o andar a pé regularmente e concentre-se em esportes de resistência, como natação e corrida, para respirar. Uma vez lá, inicie a caminhada em um ritmo moderado e faça intervalos regulares para se hidratar e comer. Para combater a doença da montanha relacionada à falta de oxigênio no ar além de 2.000 metros de altitude, suba devagar. Se os sintomas persistirem, volte e consulte um médico

Leia também: Montanha no verão: e se formos caminhar com a família?