Como ajudar seu filho a superar a ansiedade social

Cada estágio do desenvolvimento de uma criança é marcado por fases de transição. Entre os primeiros está a ansiedade social: quando o bebê começa a diferenciar os rostos ao seu redor, ou quando ele aprende a se mover e se afastar de seus pais, ele pode sentir uma forte ansiedade e uma necessidade de ser tranquilizado e protegido. Como resultado, ele começa a chorar quando é confrontado com pessoas que ele não conhece ou pouco. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a obter este passo

Não force

Leva tempo para construir um relacionamento entre uma pessoa "desconhecida" e um bebê. Nunca force o seu filho a interagir quando ele não quiser, com o risco de aumentar o estresse e o medo dos outros. Tome-o em seus braços e tranquilize-o. Para reduzir o nível de ansiedade, não hesite em apresentar o bebê a novas pessoas e novos lugares desde a mais tenra idade.

Previna os bebês em torno de

Seu filho tenciona e chora logo que Alguém diz olá para ele ou se aproxima dele? Evite desapontar as pessoas ao seu redor e avise-as de que seu bebê está passando por uma fase difícil, aconselha Philly Voice. Se você está planejando uma noite ou uma festa em casa com pessoas que o bebê não conhece, os convidados saberão o que esperar.

Dê o exemplo

Em momentos de ansiedade social, você pode ajudar seu bebê a recuperar a calma e a confiança e mostrar a ele que ele está seguro. Sorria, relaxe, fale com ele. Fique ao lado da pessoa que assusta a criança e mostre a ele que você está confortável com essa pessoa. Se a situação permitir, sugira uma interação social na forma de um jogo simples.