O que comer para prevenir a enxaqueca?

Dores de cabeça dolorosas que A enxaqueca caracteriza cerca de 15% da população mundial. Para uma em cada quatro pessoas com enxaqueca, a gravidade das crises leva a um impacto sócio-profissional significativo, diz o Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica (Inserm). Causas genéticas e ambientais exatas continuam difíceis para especialistas entenderem. Mas um trabalho recente apresentado na conferência anual da Sociedade Americana de Sociedade Estética (AHS) mostra que a triagem de (e tratamento para) deficiências vitamínicas pode ajudar a aliviar os sintomas.

Os pesquisadores testaram 7.691 pacientes e notou que os pacientes com enxaqueca estavam em maior risco de deficiências em vitamina D, vitamina B2, vitamina B9 e coenzima Q10 . Uma vez que cada substância orgânica desempenha um papel na produção de energia dentro das células, os cientistas assumiram que essas deficiências poderiam desencadear uma enxaqueca para alertar o cérebro.

Mudar sua dieta

Um estudo anterior realizado em 2012 revelou que a falta de magnésio estava ligada a ataques de enxaqueca, relata o site americano Medical Daily. Este novo trabalho, portanto, complementa as recomendações dietéticas para evitar dores de cabeça. Alimentos ricos em nutrientes são melhores do que suplementos vitamínicos, dizem especialistas.

Para repor a vitamina D e ajudar o corpo a absorver melhor o cálcio, você pode escolher salmão, atum ou Espadarte, ovos e queijo, bem como leite fortificado com vitamina D. Você encontrará vitamina B2 em soja, espinafre, peru, amêndoas e iogurte. Vegetais verdes, grão de bico, feijão e lentilhas são ricos em vitamina B9. Coenzima Q10 é encontrada em vegetais verdes, nozes, peixe, marisco, carne de porco, frango e carne bovina. E finalmente, para o magnésio, você pode comer amêndoas, sementes de abóbora e girassol, bananas, castanhas de caju, sementes de linho e beber leite.