Seu adolescente assume muito risco, o que fazer?

Os adolescentes gostam de emoções porque precisam brincar com o proibido, o que quer que sejam, para descobrir limites. A adolescência é o momento em que o jovem forja uma identidade, quer saber o que é capaz de saber quem ele é.

O grupo de amigos, especialmente para meninos, é um fator-chave nesses desafios: "Ele é capaz de fazer isso e eu?" Enfrente o perigo, cruze os limites, é uma maneira de afirmar alto e claro: "Eu não sou mais uma criança e pretendo provar isso!

Brincando com o perigo, o jovem brinca com a morte. Mas ele não quer morrer, apenas dar sentido à sua vida arriscando perdê-lo.

Estabelecendo limites para a liberdade

Como os pais podem reagir? Deveríamos nos antecipar, como Isabelle com sua filha de 15 anos? " Estou desarmando os riscos", diz ela, "por exemplo, eu me ofereci para fumar seu primeiro cigarro comigo, ela não gostou do gosto e não falou sobre fumar por vários meses. "

Para ver também:

Ou fecha os olhos, dizendo que é a idade dele e que lhe passará?

A adolescência é um período de experimentação. Os pais não se esqueça disso. Por outro lado, é fundamental que eles mantenham sua posição de autoridade Em uma palavra: enquadrar!

Ler também: Cannabis em adolescentes: terapias que funcionam

Respeito o personagem do adolescente

Ele sempre foi um temperamento curioso e adepto de emoções? Não tente sufocar sua natureza na esperança de evitar o perigo. É importante oferecer a ele um ambiente que corresponde ao que é. Se estiver confinado a atividades cerebrais para planejar seu comportamento, o fracasso é inevitável. Ele se sentirá desvalorizado. Considerando que, se nutrirmos essa propensão, sua identidade é reforçada.

As virtudes de um esporte bem enquadrado

A prática de um esporte, bem supervisionado, pode ser uma solução. O pára-quedismo, por exemplo, é uma ótima ferramenta educacional. Ele restaura a confiança dos jovens que não o possuem. Depois de tais experiências, o adolescente não precisa mais se desafiar, já que se mostrou forte o suficiente!